Portal da Cidade Socorro

É PRECISO AGIR

Conscientização sobre a crise climática é urgente

Mudança no comportamento de pessoas, empresas e governos são necessárias para combater o aquecimento global

Publicado em 20/03/2022 às 12:47
Atualizado em

Todos nós sabemos que a temperatura na Terra está aumentando e que o homem é o grande protagonista da mudança (que pode ser chamada de crise) climática, por conta, principalmente, da emissão de gases do efeito estufa, pelo desmatamento, por mudanças no uso do solo, pela queima de combustíveis fósseis e pela geração de energia.

Entre os problemas causados pelo aquecimento global, podemos citar o aumento do nível do mar pelo derretimento das geleiras, intensificação de tempestades e dos períodos chuvosos e de secas, que tendem a piorar, já que segundo cientistas do IPCC (Intergovernmental Panel on Climate Change), a temperatura na Terra pode aumentar até 1,5 graus se nada for feito para diminuir a emissão de gases do efeito estufa.

Agora falando em desmatamento, a falta da cobertura vegetal deixa os ecossistemas desequilibrados, com a presença cada vez mais frequente de desastres naturais e afeta diretamente a produção de alimentos, por exemplo. Esses fatores ainda fazem com que haja um aumento na desigualdade social, já que os mais atingidos são sempre as pessoas mais vulneráveis e com menos recursos para se adaptarem.

Além do aumento do número de pessoas na linha da pobreza, ainda é notório o número de pessoas com doenças respiratórias devido à grande concentração de gases poluentes, especialmente nos grandes centros.

Para combater esses e tantos outros problemas causados pelo aquecimento global, é preciso entender que na natureza, tudo está interligado e que é extremamente necessário e urgente que ocorram mudanças nos modos de produção e consumo e no comportamento de pessoas, empresas e governos.

Segue algumas ações que ajudam nessa missão:

- Abra mão do uso individual do carro ou da moto sempre que possível;

- Consuma alimentos naturais de agricultura familiar;

- Reduza o desperdício de alimentos;

- Compre só o necessário, evite consumo exagerado;

- Prefira produtos locais, não industrializados;

- Economize energia elétrica;

- Plante árvores, incentive e ajude a manter as florestas em pé;

- Reutilize, recicle e destine corretamente seus resíduos;

- Participe de protestos climáticos.

- Exija e participe da construção de políticas públicas para conservação e restauração das florestas nativas;

- Na agropecuária, utilize manejo e técnicas que conservem a água e o solo, em consórcio com vegetação nativa;

- Apoie instituições que atuam no combate à crise climática;

Se são as ações humanas que intensificam a crise climática, também podemos desacelerá-la. A solução está em nossas escolhas e em nossa consciência.

Agir é urgente!

Fonte:

Receba as notícias de Socorro no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário